Perspectiva temática…

…da Semana da Soberania Alimentar na Maré, dezembro de 2018

Para uma semana em dezembro de 2018 convidamos a todas e todos os participantes das atividades da Semana da Soberania Alimentar a trazerem suas experiências e reflexões em diálogo com um conjunto de questões que derivam de um ano de pesquisa e intervenção nas favelas da Maré do grupo Minhocas Urbanas, questões que acreditamos ser relevantes bem para além de uma ou outra pesquisa, uma ou outra realidade local:

> Qual o nosso acesso a alimentos na favela e como nós nos alimentamos?

> Quais formas encontramos aqui de produzir, distribuir, vender, comprar, preparar, processar e consumir alimentos?

> E qual o nosso papel nisso?

E no encontro com a Soberania Alimentar a Agroecologia:

> Como as favelas se organizam diante destes saberes e destas práticas?

> Quais intervenções são possíveis para disseminar conhecimentos e práticas rumo a uma periferia menos dependente do(s) (super-)mercados, da agroindústria e das redes convencionais de distribuição de alimentos, muitos dos quais envenenados com agrotóxicos?

> Como nos conectar com resistências no campo que buscam construir a Soberania Alimentar?